Sei lá...

domingo, 15 de março de 2009

Sei lá - Margarida Rebelo Pinto

"Tu pertences a um tipo de mulheres que só vivem a plenitude do amor na distância ou na impossibilidade.
És aquilo a que eu chamo uma Mulher Impossível, porque amas com todas as tuas forças os homens que por uma razão ou outra não podes ter.
Para ti, o amor é a própria luta pelo amor, não é uma construção nem uma edificação. 
Por isso, não crias as bases para ter uma familia e ser uma esposa exemplar.
Mas estás certa, o teu encanto é justamente esse."

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial